Remédios para memória

Muitas pessoas têm tentando melhorar a memória de várias maneiras, seja fazendo exercícios físicos, seja praticando jogos de raciocínio lógico, seja praticando técnicas de aumento de memória, como o Palácio da Memória.

Agora, um novo método vem sendo praticado por muitas pessoas para aumentar a memória, que é o uso de remédios para memória. Eles teriam um efeito de melhorar a concentração, aumentar a capacidade de guardar informações e combater o esgotamento físico.

Genius X para aumentar o foco
OptiMemory para aumentar o foco

Efeitos rápidos

Esse uso dos remédios para melhorar a memória, acontece mesmo com aquelas que não estão doentes e que, não necessariamente, precisariam tomar algum medicamento para melhorar esse aspecto do seu cérebro.

O grande problema é que as pessoas querem ter efeitos imediatos, rápidos e práticos, por isso, tomar um remédio para memoria seria muito mais eficaz do que exercitar o cérebro fazendo Sudoko todas as manhas.

OptiMemory é a melhor opção para sua memória

Esse é apenas um exemplo, não que esses remédios sejam ruins, pois não são, eles já comprovaram sua eficácia, principalmente o composto OptiMemory para melhorar o foco, que já passou por milhares de testes e já foi comprovado, tanto sua eficácia para aumentar a memória, quanto sua segurança, já que os efeitos colaterais são mínimos.

Assim, o OptiMemory, acaba sendo uns dos medicamentos mais usados por estudantes de concurso, que querem aumentar a capacidade de memorizar fatos e termos, antes de uma prova e por alguns empreendedores, os quais, precisam guardar muitas informações sobre o seu projeto.

Não depender dos medicamentos

Agora, o que é realmente perigoso é uma possível dependência física que se crie com os medicamentos, por isso, deve-se tomar muito cuidado com a forma com que eles são usados, pois, caso seja exagerada, a memória vai acabar ficando dependente da química desses medicamentos e isso é a pior atitude a se ter.

Por isso, não substitua alguns exercícios de logica, algumas técnicas de memorização, por apenas um comprimido, isso seria um crime que você estaria cometendo contra o seu cérebro e um melhor funcionamento dele.

Outro aspecto a se considerar, é o uso desse medicamento em crianças, pois, algumas teriam alguma dificuldade para se concentrar e eles aliviariam esse perigo.

Mas, isso é um enorme erro, já comprovado pela ciência, pois, a agitação é algo normal de pessoas com pouca idade e não pode ser tratada como uma doença qualquer, isso não resolveria o problema e ainda poderia aumentar a dificuldade dessa criança em se adaptar a novas situações e locais.

Funcionamento

Esses remédios para aumentar a memória teriam um efeito básico, que é mexer com a química do cérebro, para que ele aumente a sua capacidade de armazenar informações.

Por isso, que o uso indiscriminado desses medicamentos é extremamente perigoso e deve ser feito sempre com acompanhamento médico, para ele avaliar se é mesmo necessário o uso desses medicamentos.

E vocês, já usaram algum remédio para memória alguma vez? Deixem seus comentários e opiniões e participem desse post, tão interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *